EQUADOR BUSCA ATRAIR INVESTIMENTO ESTRANGEIRO E PARAR O ROUBO DE CONTEÚDO

No dia 7 de junho, na Cúpula das Américas em Los Angeles, o Presidente da TAP, Gustavo Pupo-Mayo, reuniu-se com o Ministro da Produção, Comércio Exterior e Investimento do Equador, Julio José Prado, sobre o crescente problema do roubo de conteúdo audiovisual encarado po seu país e outros países América latina. A pirataria de conteúdo no Equador e em outros países da região resultou em uma perda substancial de assinantes de TV por assinatura a cabo/satélite, receitas e receitas fiscais.

O fortalecimento da proteção à PI é uma peça importante do quebra-cabeça para atrair investimentos estrangeiros, e o governo equatoriano está empenhado em fortalecer sua estrutura regulatória para fornecer a proteção e a segurança jurídica necessárias para fomentar a economia criativa.

O presidente da TAP também manifestou o seu apoio à iniciativa do presidente do Equador, Guillermo Lasso, de fortalecer o setor audiovisual local, oferecendo incentivos às empresas internacionais de mídia que investem em produções equatorianas.

< De volta à lista de notícias